CAMPO GRANDE

Júri de acusado de matar colega por som alto é adiado

Júri de acusado de matar colega por som alto é adiado
20/06/2012 15:39 - Gabriel Maymone


Foi adiado para o dia 15 de agosto o julgamento de Jheferson Luiz Nogueira da Paixão, acusado do assassinato de Jairo da Silva a golpes de faca em 14 de abril do ano passado no Bairro Manoel Taveira, na Capital. O motivo seria porque o autor ficou irritado com o volume do aparelho de som da vítima.

O denunciado teve prisão preventiva decretada no dia 25 de abril de 2011. Em seguida, a defesa entrou com o pedido de habeas corpus, mas foi negada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

Segundo 2ª Vara do Tribunal do Júri, o júri foi adiado devido a compromissos institucionais. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".