Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPEONATO BRASILEIRO

Juninho faz golaço<br> e põe o Vasco <br>na liderança

Juninho faz golaço<br> e põe o Vasco <br>na liderança
08/08/2012 20:37 - terra


Cria das categorias de base do Sport, o meia Juninho Pernambucano voltou à Ilha do Retiro em grande estilo. Na noite desta quarta-feira, o camisa 8 marcou um golaço de falta, de sua forma característica, e anotou o gol na vitória do Vasco por 2 a 0, em duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Tenorio marcou outro belo gol no fim e completou o marcador.

Em uma partida castigada pelo estado ruim do gramado, Juninho Pernambucano retornou ao seu berço no futebol após doze anos e acertou cobrança de falta no ângulo de Magrão e para abrir o marcador aos 22min. O equatoriano Tenorio completou o marcador depois de roubar bola no ataque, deixar o marcador e o arqueiro adversário no chão e completar para o fundo das redes, aos 39min.

Com o triunfo em Recife, o Vasco reencontra o caminho das vitórias após dois empates seguidos sem gols e assume de forma provisória a primeira colocação do Brasileiro. A equipe carioca soma 34 pontos, dois a mais que o Atlético-MG - que enfrenta na quinta-feira o Coritiba fora de casa -, mas com 16 jogos contra 14 do rival mineiro. Os pernambucanos chegam a sexta partida sem ganhar e estão em 15º lugar com 14 pontos, perigosamente próximos à zona de rebaixamento.

Os dois times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no fim de semana. No sábado, o Sport recebe o último colocado Figueirense, às 18h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro. Já o Vasco tem a primeira decisão do turno inicial da Série A contra o primeiro colocado Atlético-MG, domingo, às 16h (de Brasília), no castigado gramado de São Januário.

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!