Sábado, 16 de Dezembro de 2017

EUA

Julgamento de acusado de atentado em Boston começará em 3 de novembro

15 FEV 2014Por FOLHA PRESS20h:00

O julgamento de Dzhokhar Tsarnaev, acusado de ser responsável pelo atentado que deixou três mortos durante a maratona de Boston em 2013, começará em 3 de novembro, anunciou nesta semana um juiz federal de Massachusetts (noroeste dos Estados Unidos).

O magistrado George A. O'Toole rejeitou o pedido da defesa de prolongá-lo por mais tempo para preparar o caso, já que tinha solicitado que o julgamento não fosse realizado, em caso algum, antes de setembro de 2015.

Duas panelas de pressão contendo explosivos, presumidamente produzidas por Dzhokhar Tsarnaev e seu irmão Tamerlan, de 26 anos, explodiram perto da linha de chegada da maratona de Boston em 15 de abril do ano passado, deixando três mortos e 264 feridos.

Tamerlan foi morto pela polícia na madrugada de 19 de abril, quando os irmãos de origem tchechena tentavam escapar após terem matado um policial, e Dzhokhar foi capturado horas depois.

O governo dos Estados Unidos anunciou em 30 de janeiro que solicitaria a pena de morte contra o jovem, que se declarou inocente das 30 acusações federais que recebeu.

Essas acusações incluem uso de armas de destruição em massa que resultou em morte, conspiração e bombardeio de um local público causando morte.

Dzhokhar, que mora há uma década nos EUA, se for condenado à morte, será executado pelo governo federal, já que a Justiça do Estado de Massachusetts não administra essa pena.

Desde que a Corte Suprema americana obrigou a realização de uma mudança de leis nas sentenças de pena de morte, em 1970, só foram realizadas três execuções solicitadas pelo governo federal.

Timothy Mcveigh foi executado em 2001 por seu envolvimento nos atentados de Oklahoma City de 1995, enquanto os outros dois foram o hispânico Juan Raúl Garza, também em 2001, e Louis Jones, em 2003, ambos condenados por assassinato. 

Leia Também