Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

único responsável

Juiz ouve dia 7 marido que matou arquiteta

11 DEZ 2010Por karine cortez02h:30

O empresário Luiz Afonso Santos de Andrade, 42 anos, acusado de ter matado a esposa e arquiteta Eliane Nogueira de Andrade, 39 anos, em julho deste ano, será interrogado no dia 7 de janeiro de 2011, às 14h, conforme despacho do juiz da 1ª Vara do Juri, Carlos Alberto Garcete. Diversas testemunhas de defesa e acusação já foram ouvidas, faltando apenas a mãe do réu, Maria Noêmia Noêmia dos Santos, residente em Curitiba (PR). Luiz Afonso está preso desde o dia do crime no presídio de trânsito da Capital e nega participação no crime.

As investigações policiais apontam Luiz Afonso como único responsável pelo assassinato da esposa ocorrido na madrugada do dia 2 de julho, deste ano. Na ocasião, segundo o delegado Wellington Nogueira, titular da 4ª Delegacia, os dois teriam discutido e ele acabou enforcando Eliane. Achando que ela estava morta, o rapaz colocou-a no banco traseiro do carro e seguiu para a Rua Manoel de Nóbrega, na divisa entre os bairros Vilas Boas e Parque Dalas, ateando fogo com a mulher dentro do carro. Mas, a perícia apontou que a arquiteta não estava morta antes de ser queimada.

Câmeras de vídeo de uma conveniência de bebidas situada na Avenida Três Barras, próximo ao local onde o carro foi encontrado, flagraram o empresário descendo do carro e pedindo por álcool, sendo que minutos depois de ir embora ele volta a pé. Ao tomar conhecimento do vídeo e ver as imagens Luiz Afonso negou que fosse ele.

Leia Também