Campo Grande - MS, quarta, 22 de agosto de 2018

SETOR AUTOMOTIVO

Jucá aposta em acordo para votar MP no dia 27

23 ABR 2011Por AGÊNCIA SENADO00h:00

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), prevê para a próxima quarta-feira (27) a votação da medida provisória 512/10, que concede incentivos fiscais para o desenvolvimento da indústria automotiva instalada no Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país.

"Em princípio, tem acordo para votarmos, sim", adiantou o parlamentar.

Lido na sessão de terça-feira (19), depois de votado na Câmara, o texto vai ser examinado na forma de projeto de lei de conversão (PLV 8/11) e será relatado pelo senador Humberto Costa (PT-PE).

Jucá disse que a sessão de terça (19), quarta (20), e as de segunda (25) e terça (26) somam o prazo necessário para que a matéria seja votada.

Já o líder do PSDB, Alvaro Dias (PR), disse que não tem acordo.

"Não fui procurado para acordo nenhum. O que ficou acertado com o presidente da Casa, José Sarney, foi que começaremos a votar os projetos temáticos, começando pelas matérias referentes à saúde. Não conheço essa medida provisória que acaba de chegar da Câmara e, como de costume, deixam tudo para a última hora", argumentou.

A MP 512/10 foi assinada no ano passado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sob o argumento de que a indústria automotiva brasileira passa por momento peculiar porque, se de um lado a produção, os empregos e as exportações crescem, de outro lado as importações estão crescendo mais ainda. O resultado é que o setor automotivo, que vinha superavitário no mercado internacional até 2008, teve déficit em 2009, prenunciando novos déficits, em todos os seus setores, inclusive no de autopeças

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também