Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

Campo Grande

Jovens foram executados com tiro na cabeça

31 AGO 2012Por Thiago Gomes e Gabriel Maymone16h:26

A polícia confirmou que os estudantes Breno Luigi Silvestrini de Araújo, de 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, 19 anos, foram executados com um tiro na cabeça. Os corpos dos jovens foram encontrados no início da tarde, no macro-anel rodoviário, trecho entre as saídas de Aquidauana e Rochedo. Os dois estavam desaparecidos desde a noite de ontem (30), depois de sair de um bar no Bairro Miguel Couto, na Capital.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Maria de Lourdes Cano, três pessoas teriam participado do crime. Uma delas, Dayane Aguirre Clarindo, já foi presa e está detida na Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Defurv). A mulher relatou que o marido e um amigo participaram do crime e que a intenção do grupo era atravessar o veículo Pajero, que estava com os estudantes, na fronteira com a Bolívia.

Ainda conforme relatado pela mulher à delegada, os outros suspeitos podem estar escondidos na região de Miranda. Equipes do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM) estão em diligências para tentar localizar os outros suspeitos.

Dayane foi presa na madrugada, pedindo carona às margens da BR-262, região de Miranda. O veículo Pajero foi encontrado abandonado pelo DOF depois que os suspeitos tentaram escapar de uma barreira de fiscalização no posto Guaicurus. 

Jovens teriam sido abordados na saída de um bar no Bairro Miguel Couto - Foto: Reprodução Facebook

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também