quinta, 19 de julho de 2018

ESTUDO

Jovens diabéticos tipo 2 têm alterações no cérebro

14 NOV 2010Por DA REDAÇÃO18h:40

Hoje, data em que se comemora o Dia Nacional e Mundial do Diabetes, vem à tona estudo recente que revelou que jovens com a doença metabólica tiveram redução no desempenho em testes de funcionamento intelectual, memória e ortografia.
A pesquisa foi realizada pelo New York University Langone Medical Center, nos Estados Unidos e revelou que adolescentes obesos com diabetes tipo 2 têm desempenho cognitivo e alterações sutis no cérebro.
Os pesquisadores avaliaram 18 jovens obesos com diabetes tipo 2 e adolescentes obesos da mesma origem socioeconômica que não eram pré-diabéticos. A equipe observou que os adolescentes com a doença metabólica não só tiveram reduções significativas no desempenho em testes de funcionamento intelectual, memória e ortografia, como também anomalias claras na integridade da matéria branca do cérebro.
De acordo com os estudiosos, anormalidades cerebrais já tinham sido evidenciadas em outras pesquisas com pacientes com diabetes com tipo 2, porém os especialistas supunham que as alterações eram resultado de alguma doença cardiovascular. Os resultados da nova pesquisa mostram que mudanças na massa branca do cérebro em adolescentes pode ser consequência da fisiologia anormal que acompanha o diabetes tipo 2.
A equipe acredita que melhorar a sensibilidade à insulina, adotar uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos podem auxiliar a reverter esse quadro.
No Brasil o número de adolescentes obesos que passam pela cirurgia de redução de estômago tem crescido a cada ano. De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), Dr. Thomas Szëgo, no ano de 2009 foram realizadas 30 mil cirurgias bariátricas no país e os jovens abaixo dos 20 anos representam 5% do total.

Leia Também