Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Jovem sofre atentado à bala perto de bar na periferia de Dourados

24 JAN 10 - 06h:57
Juliano de Souza Machado, 19 anos, sofreu um atentado à bala na madrugada de ontem, em Dourados. Ele conversava com amigos em frente a um bar na periferia da cidade, quando um homem chegou e fez vários disparos em sua direção. Um dos tiros o atingiu no rosto. De acordo com a ocorrência registrada no plantão do 1º Distrito Policial, Machado, que reside no Bairro Chácara Califórnia, estava em frente ao Bar do Serafim, no Parque das Nações II, quando, por volta da 1h da madrugada o proprietário pediu que todos os frequentadores saíssem e fechou o estabelecimento. Machado então ficou em companhia de amigos em frente ao bar, quando passou pelo local o autor do crime e disparou pelo menos cinco tiros em direção do grupo. Uma das balas atingiu o rosto do jovem, que caiu ferido. O autor dos disparos fugiu, enquanto os amigos da vítima acionaram a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Juliano Machado foi encaminhado em estado gravíssimo pelos socorristas do Samu ao Hospital da Vida, onde até o final da tarde de ontem continuava internado. A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o caso e a partir da próxima semana começará a ouvir todas as testemunhas. O objetivo é identificar quem fez os disparos e os motivos. (FD)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Há mais de dez anos, Elizabeth e Júlio César decoram a casa no Natal
CASA DO PAPAI NOEL

Há mais de dez anos, Elizabeth e Júlio César decoram a casa no Natal

FAKE NEWS

Oito em cada dez pessoas já leram notícias falsas em redes sociais

CLÁUDIO HUMBERTO

“É fundamental para que o sistema de justiça funcione”

Confira o seu astral para esta terça-feira
OSCAR QUIROGA

Confira o seu astral para esta terça-feira

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião