Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

SAÚDE

Jovem que abusa de bebida alcoólica pode estar sob influência de um tipo de gene

20 JAN 2011Por FOLHA ONLINE12h:34

A genética parece ter um papel fundamental entre jovens que consomem bebidas alcoólicas em demasia, como uma forma de lidar com seus sentimentos negativos.

Para chegar a essa teoria, foram coletados DNAs de 282 adolescentes holandeses que haviam consumido algum tipo de bebida alcoólica pelo menos uma vez na vida. Eles também responderam a um questionário sobre as razões que os motivaram a beber e qual era o nível de problemas relacionados ao álcool.

O resultado obtido mostra que aqueles que bebem mais e apresentam maiores problemas podem estar sob a influência de variações do gene receptor de dopamina, o DRD2, relacionado à sensação de recompensa originada no cérebro --também recentemente associado à maneira como escolhemos as amizades.

O estudo avalia, pela primeira vez, a conexão entre aspectos genéticos, razões para beber e abuso no consumo entre jovens.

Segundo a principal autora da pesquisa, a doutoranda Carmen S. van der Zwaluw da Universidade Radboud, são necessários exames adicionais para provar que determinadas variações genéticas tendem a potencializar o risco de um indivíduo desenvolver problemas com o consumo de bebidas alcoólicas.

Leia Também