CIDADES

Jovem preso ao tentar assaltar joalheria

Jovem preso ao tentar assaltar joalheria
13/04/2010 20:59 -


Fábio Dorta, Dourados

Luiz Carlos Fidélis Caetano, 22 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar, na tarde de ontem, no centro de Dourados. Ele foi capturado por volta das 13h, pouco tempo depois de ter tentado assaltar uma joalheria na área central. Com ele a PM apreendeu um revólver calibre 38.

Luiz Carlos, que já cumpriu pena pelo mesmo tipo de crime, invadiu a Joalheria Nápoli, localizada na Rua Nelson de Araújo, e rendeu a proprietária do estabelecimento, anunciando o assalto. Ela gritou por socorro e um funcionário que estava no almoxarifado correu até a entrada da loja, fazendo com que o assaltante fugisse.

A PM foi acionada e Luiz Carlos foi preso a cerca de 300 metros do local do assalto, no cruzamento das avenidas Weimar Gonçalves Torres e Presidente Vargas. Quando foi cercado pelos policiais ele não resistiu à prisão, sendo levado ao 1º Distrito Policial, onde foi autuado em flagrante.

Na polícia Luiz Carlos confessou a autoria do crime e disse que decidiu realizar o assalto porque precisava de dinheiro para pagar suas contas. Ele foi colocado em uma das celas da delegacia do 1º DP, mas deverá ser encaminhado à Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".