quinta, 19 de julho de 2018

BELEZA

Jovem da Capital vence concurso New Faces 2010

11 NOV 2010Por Thiago Andrade00h:15

A vida de modelo continua sendo o sonho de muitas meninas. A estudante Stefani Ramos Micharki, de 15 anos,  começa a dar os primeiros passos em direção à realização deste sonho. Ela foi a primeira colocada no concurso New Faces 2010, realizado em Franca, São Paulo, no final de outubro, promovido pela Pernambucanas, com o objetivo de abrir as portas para as novas modelos no País inteiro. Entre as 15 mil inscritas, Stefani garantiu seu espaço entre as quatro colocadas. Ela ficou em primeiro lugar na categoria juvenil.

O prêmio? A adolescente campo-grandense será agenciada pela Ford Models por um ano, uma das mais importantes do mundo, que já representou modelos como Paris Hilton e Twiggy. Além disso, ganhará o book e 100 composites, de modo que possa utilizar o material para divulgar seu nome. Outra porta aberta pelo concurso foi a garantia de participação na final nacional do Super Model Brasil. Ela e outras 14 meninas competirão por uma vaga na etapa mundial do concurso, um dos mais importantes para jovens modelos.

“É uma grande vitrine, um concurso muito importante para qualquer modelo que esteja começando. Se ganhar a etapa nacional, meu nome será projetado internacionalmente”, anima-se Stefani. A participação no New Faces 2010 foi a primeira em concurso oficial. Para ela, a experiência seria válida mesmo que não ganhasse o primeiro lugar. “Eu precisava ter esse contato com os bastidores de um grande desfile. Percebi que era isso mesmo que eu queria”, afirma. A vitória no concurso foi uma grande surpresa e confirmou o sonho da adolescente.

A final do concurso, apresentado pelo cantor teen Fiuk, contou com desfile. Além da jovem de Mato Grosso do Sul, foram premiados Lucas Cattani, de Santa Catarina, na categoria juvenil junto a Stefani; Aline Diacovo, de São Paulo, e Guilherme Volpato, também de Santa Catarina, ambos na categoria adulto. “Conheci muita gente no concurso. Todos queriam a mesma coisa que eu. É um ótimo jeito de conhecer a fundo o que é ser modelo. Existe uma certa competitividade, mas também havia um clima de amizade bem legal”, descreve.

Segundo Stefani, o apoio dos pais é primordial para que a carreira de modelo dê certo. “Minha família está muito animada, eles me apoiam muito, estão sempre disponíveis para o que for preciso, se tiver que viajar, minha mãe já falou que vai fazer tudo para ir comigo”, conta. Embora saiba das dificuldades e privações que a vida de modelo exige, entre elas mudar de cidade, a estudante afirma que está preparada e não vê a hora das “coisas começarem a acontecer”.

Leia Também