Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

José Orcírio disse estar convencido de que fez o melhor para o Estado

4 OUT 2010Por DANIELLA ARRUDA01h:10



“Estou tranquilo e convencido de que eu fiz o melhor para esse Estado, porque queria ser uma alternativa, e fiz o melhor para o PT, como candidato”. Esse foi o balanço de campanha realizado pelo candidato José Orcírio dos Santos, ao comparecer para votar em sua seção eleitoral na Escola Municipal Oswaldo Cruz, ontem de manhã. O ex-governador chegou ao local acompanhado dos candidatos Vander Loubet (a deputado federal), Paulo Pedra (a deputado estadual), Dagoberto Nogueira Filho (a senador) e a esposa, Gilda dos Santos, candidata a suplente de senador, sendo abraçado e cumprimentado como “governador” por alguns eleitores, e esperou pouco tempo para votar, tendo somente quatro pessoas à sua frente.
Em entrevista à imprensa, José Orcírio elogiou o papel da militância durante a campanha e destacou que o PT sai muito forte de Campo Grande e do Estado, independentemente do resultado das urnas. “Fizemos uma grande campanha. Mais do que nunca, recuperamos o sentido do PT pela militância, que tinha perdido um pouco esse referencial. A militância do PT foi para a rua, foi corajosa, determinada e isso para nós é um fator importante”, disse. Para ele, sua coligação sai destas eleições elegendo dois senadores, de três a quatro deputados estaduais e de nove a 12 deputados estaduais.

Rompimento
José Orcírio também manifestou-se sobre a falta de envolvimento do senador Delcídio do Amaral em sua campanha. “Não sei o que aconteceu, talvez ele não quisesse a minha candidatura. Faltou jogar limpo com isso, fazer o debate”, comentou.
Apesar do ocorrido, afirmou “não ter mágoa” do senador.

Leia Também