Jornalista Carlos Nascimento é assaltado por travestis em SP

Jornalista Carlos Nascimento é assaltado por travestis em SP
23/08/2012 20:00 - terra


O jornalista Carlos Nascimento foi vítima de um assalto, na noite de quarta-feira (22), informou a rádio Jovem Pan. Em entrevista à emissora, o âncora do SBT contou que estava a caminho do trabalho, quando passou pela região da Avenida Lineu de Paula Machado, zona oeste de São Paulo, local onde ficam muitos travestis. Ao parar no trânsito, ele foi surpreendido por um deles, que invadiu o veículo se aproveitando da porta destravada.

Segundo o jornalista, o travesti ofereceu um programa e ficou agressivo, principalmente quando Nascimento pediu para ele sair do carro. Ele, porém, continuou no automóvel e se jogou sobre a direção quando ele tentou acelerar. "Ele tinha uma espécie de punhal, uma faca ou um estilete, ele tirou um objeto e veio para cima de mim. Dei um soco nele e ele recuou. De repente, abriram outras portas do carro e subiram outros dois, também armados e levaram minha bolsa", contou o apresentador, que conseguiu recuperar seus pertences e saiu de arrancada. "Fiquei surpreso e indignado. Aquele é um lugar público pelo qual percebi que não posso mais passar", lamentou.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".