sábado, 21 de julho de 2018

Fórmula 1

Jornal mostra carta de banqueiro cobrando propina de Ecclestone

24 JAN 2011Por Terra15h:14

A imprensa alemã voltou a noticiar mais detalhes sobre um suposto pagamento de US$ 50 milhões de propina feito por Bernie Ecclestone em relação à venda dos direitos comerciais da Fórmula 1. Desta vez, segundo o site F1SA, o jornal Suddeutsche Zeitung publicou uma carta em que o banqueiro alemão Gerhard Gribkowsky, preso por irregularidades na venda de ações da F1, exige um pagamento a Ecclestone.

No início do mês Ecclestone prometeu "lutar nos tribunais" caso as publicações continuassem a alegar seu envolvimento com Gribkowsky. No entanto, o jornal diz ter encontrado "provas concretas" sobre o escândalo.

A evidência veiculada é uma carta de uma empresa austríaca chamada GREP GmbH, que recebeu a maior parte do pagamento. De acordo com o F1SA, a carta, marcada como confidencial, exige que Ecclestone pague US$ 2,3 milhões.

 

Leia Também