Quarta, 13 de Dezembro de 2017

COREIA DO NORTE

Jornal diz que tio de Kim Jong-un foi devorado por cães famintos

3 JAN 2014Por TERR15h:00

O poderoso tio do líder norte-coreano Kim Jong-un teve suas roupas removidas, foi atirado em uma gaiola e devorado vivo por uma matilha de cães raivosos, informa nesta sexta-feira a rede de notícia americana NBC citando como fonte um jornal chinês ligado ao Partido Comunista deste país. A informação não foi corroborada por outras fontes.

Jang Song-thaek era considerado o número 2 no comando da Coreia do Norte até ser executado no mês passado depois de ser considerado culpado por traição e conspirar para derrubar o governo. O anúncio feito pela agência de notícias norte-coreana sobre a morte de Jang, em 12 de dezembro, não especificou como ele foi morto.

De acordo com a NBC, o jornal pró-Pequim Wen Wei Po, de Hong Kong, afirmou que Jang e cinco assistentes próximos foram devorados por 120 cães de caça que estavam a cinco dias sem comer. A publicação acrescenta que Kim Jong-un e seu irmão Kim Jong-chol supervisionaram o massacre ao lado de outros 300 oficiais. Os executados teriam sido "completamente devorados".

Jang era casado com Kim Kiong-hui, tia do líder e irmã mais nova do pai dele, Kim Jong-il. Ele também era acusado de fomentar o jogo ilegal e de consumir drogas, entra outras coisas. Em seu discurso de Ano-Novo, Kim aludiu ao tio ao afirmar que a "escória" do país tinha sido eliminada.  

Leia Também