Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

aplicativos

'Joguinhos' do Orkut ficam mais sofisticados e devem ganhar até 3D

17 DEZ 2010Por r719h:47

Entre os aplicativos para redes sociais, os jogos foram as grandes estrelas de 2010. Só o FarmVille, da Zynga, um dos mais populares do Facebook, tem 78 milhões de usuários únicos mensais. A Mentez é a empresa líder no Orkut - dos cinco games mais jogados na rede social do Google, três são dela.

Com mais de 22 milhões de usuários únicos mensalmente, a companhia teve um ano tão bom que já está partindo para o próximo passo: plataformas que se aproximam cada vez mais dos games desenvolvidos para consoles e se distanciam da proposta mais simples, tanto visualmente quanto conceitualmente, que sempre tiveram os jogos para redes sociais.

Essa transição precisa ser suave e considerar as características dos jogos sociais, que precisam ser mais didáticos e conduzir o jogador pelos objetivos. Rodrigo Miyabara, gerente de produto da Mentez, diz que "o maior desafio é continuar sendo simples mantendo a qualidade".

A Eletronic Arts, gigante do mundo de games, reconheceu-se incapaz de lidar bem com essa mudança. Ao menos foi esse o recado que a empresa deu ao anunciar, em novembro, a compra da Playfish, produtora líder de games sociais.

O mais recente lançamento brasileiro da Mentez, chamado Terra Nova, tem características da nova e da velha guarda de games.

Tem os elementos clássicos de recompensa dos jogos sociais, mas também exibe características de jogos de estratégia como Age of Empires e de simulação, como Spore. O próximo passo é um MMORPG (tipo de jogo RPG que pode ser usado por várias pessoas ao mesmo tempo) em 3D que rode dentro do Orkut, diz Miyabara.

– A ideia é trazer para dentro da plataforma do Orkut os jogadores mais avançados e mostrar que os social games também podem oferecer desafios a eles.

Ele diz que os videogames, em breve, migrarão para plataformas que rodem jogos online - ou seja, o mercado pode crescer ainda mais.

Leia Também