segunda, 16 de julho de 2018

despejo

João Gilberto será intimado por edital para deixar apartamento alugado

24 FEV 2011Por g118h:23

A condessa Georgina Brandolini D’Adda entrou na Justiça com uma ação de despejo contra o cantor João Gilberto. Segundo o Tribunal de Justiça do Rio, há cerca de um mês o cantor tem sido procurado, mas não foi encontrado para ser intimado. Por isso, a intimação será feita por meio de edital.

O processo foi recebido no fim de janeiro pela juíza Juliana Kalichsztein, da 24ª Vara Cível do Rio. O advogado da condessa, Paulo Moreira Mendes, diz que o cantor recebeu uma notificação extrajudicial em dezembro para deixar o imóvel.

“A questão não é pagamento. Ele paga cerca de R$ 8 mil por mês. Mas é que ela quer o imóvel, e ele não quer sair”, afirmou Paulo Moreira Mendes.

O apartamento fica no Leblon, na Zona Sul do Rio. O cantor mora nele há mais de 10 anos. A condessa vive na Itália e vem ao Brasil uma ou duas vezes por ano, segundo o advogado.

A equipe de reportagem do G1 esteve no início da tarde desta quinta-feira (24) no prédio, mas o cantor não foi encontrado. Segundo um dos porteiros do edifício, João Gilberto não é visto há muito tempo no local e o imóvel estaria vazio.

Leia Também