Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Pecuária

JBS vai pagar até 3% a mais em carne de gado precoce de MS

22 OUT 2010Por Edivaldo Bitencourt e Carlos Henrique Braga20h:43

O Frigorífico JBS vai pagar bonificação de até 3% sobre novilhos precoces abatidos pela associação que reúne pecuaristas do segmento em Mato Grosso do Sul. O contrato foi restabelecido e, a partir da próxima semana, serão abatidos 35 mil animais em seis meses. No caso do boi, a bonificação será de 2%; para vaca, o diferencial varia de 1% a 3%.

Se vendesse hoje, com arroba do boi gordo cotada a R$ 94,46, o pecuarista receberia R$ 96,34 (+2%). No contrato, estão previstas compra de 25 mil bois e 10 mil vacas. A carne será destinada para dois estabelecimentos da Capital e churrascarias de São Paulo.

"A parceria continuará baseada no diferencial do grupo, que é a produçaõ de carne de qualidade", ressaltou o presidente da associação, Alexandre Scaff Raffi.

Onde comprar

A carne do novilho precoce será comercializada no Atacadão e na conveniência Universo da Cerveja, em Campo Grande, e nas churrascarias de São Paulo, segundo o gerente da entidade, Creuza de Souza Ramos.

Apesar do novo contrato só ter sido firmado quatro meses após o fim do primeiro, o diretor financeiro do Novilho Precoce, Nedson Rodrigues Pereira, destaca que a aliança é bom para os dois lados e a manutenção da parceria começou a ser discutida antes do fim do contrato.

Leia Também