Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

Japão eleva ao máximo grau de seriedade de acidente nuclear

19 ABR 2011Por Estadão06h:47

Agência de Segurança Nuclear do Japão decidiu elevar o grau de seriedade do acidente nuclear na usina Daiichi, em Fukushima, de 5 para 7 - o maior nível na escala internacional -, de acordo com a rede de televisão NHK. As autoridades já haviam anunciado que estudavam a mudança.

Segundo a NHK, a decisão foi tomada pela Agência de Segurança Nuclear e Industrial do Japão. No nível sete, o acidente nuclear japonês torna-se tão grave quanto o desastre nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, em 1986, considerado o pior acidente nuclear da história. Antes da nova classificação, ele era comparável ao acidente de Three Mile Island, que aconteceu nos EUA em 1979.

As autoridades da agência e da Comissão de Segurança Nuclear concederão uma entrevista coletiva na terça-feira para explicar a mudança no grau do acidente.

Os problemas na usina de Fukushima começaram logo após o terremoto e o tsunami subsequente de 11 de março. Os desastres provocaram problemas no sistema de refrigeração de alguns reatores, o que posteriormente gerou o vazamento de material radioativo na região. As informações são da Dow Jones.

Leia Também