Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

MUNDO

Japão, China e Coreia citam relevância de livre comércio

25 ABR 2011Por ESTADÃO02h:46

 Os ministros do Comércio do Japão, da China e da Coreia do Sul concordaram, neste domingo, sobre a importância de garantir fluxo constante de bens e pessoas na Ásia, diante das consequências do terremoto e tsunami no Japão, em 11 de março, e sobre o avanço dos esforços para alcançar um acordo quanto às negociações atuais para um pacto para facilitar investimento, segundo a Kyodo News.

O ministro da Economia, Comércio e Indústria do Japão, Banri Kaieda, também pediu para a China e Coreia do Sul, durante encontro em Tóquio, para permitirem a entrada de bens importados japoneses em "base científica". Os dois países impuseram restrições a produtos alimentícios japoneses em face de temores quanto à radiação, que foram deflagrados pela crise nuclear.

"Nós compartilhamos a visão de que a recuperação das regiões afetadas, bem como do Japão como um todo, é do interesse de todos os países", disseram os ministros, em comunicado conjunto, divulgado após a reunião com os três representantes.

Os ministros acrescentaram que a manutenção de um sistema de comércio livre e aberto será de "enorme apoio" para o processo de recuperação do Japão e para assegurar crescimento sustentável para os três países.

O encontro deste domingo teve por objetivo estabelecer as bases para o encontro de dois dias que também será realizado em Tóquio, em 21 de maio, entre os três países. 

Leia Também