Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 24 de fevereiro de 2019 - 02h12min

Janeiro registra 20 mortes em rodovias

3 FEV 10 - 07h:41SILVIA TADA
Vinte pessoas morreram vítimas de acidentes no mês de janeiro, segundo dados contabilizados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Rodoviária Estadual (PRE). O número é 53% maior que os registros de 2009, quando 13 pessoas perderam a vida. Do total de óbitos de 2010, onze aconteceram nas vias federais e nove nas estaduais. Levando-se em conta apenas as ocorrências nas rodovias controladas pelo Governo do Estado, o aumento atingiu 200%, passando de três para nove mortes. Janeiro de 2010 registrou 49% a mais de acidentes em rodovias federais que o mesmo período do ano passado. Foram 313 acidentes neste ano, enquanto em janeiro anterior foram 210. A violência nas estradas resultou em número maior de mortes – no mês passado foram 11 óbitos nos locais dos acidentes, um a mais que o verificado em 2009, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Todos os registros relativos aos acidentes e mortes feitos pelo órgão federal tiveram acréscimos. O maior deles aconteceu no número de acidentes sem vítimas, que passou de 98 em 2009 para 186 em 2010, um aumento de 89%. Já a quantidade de colisões que resultaram em pessoas feridas passou de 104 para 118 (aumento de 13,4%). A PRF indica que 215 pessoas ficaram feridas nos acidentes e onze morreram. O fim de semana passado contribuiu para a elevação das estatísticas de mortes. Foram cinco em vias federais, sendo quatro no sábado e uma no domingo. No sábado, na BR-262, em Miranda, duas pessoas morreram após capotamento. Estaduais Levantamento da Polícia Rodoviária Estadual indicou aumento de 53,1% no número total de acidentes. Foram 72 registros, que resultaram em nove mortes e 50 feridos. O número total de vítimas (59) é 51% maior que o contabilizado em 2009 (39 vítimas). Um dos acidentes mais graves aconteceu em Inocência, na MS-112, quando um veículo Apollo saiu da pista e capotou várias vezes. Três dos cinco ocupantes, todos da mesma família morreram.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Promotoria abre inquérito após shopping de SP pedir autorização para apreender meninos de rua

BRASIL

Chanceler diz que ação na Venezuela não tem caráter intervencionista

Mãos que falam:
LUIS PEDRO SCALISE

Mãos que falam: "Em tempos de Dieta"

VENEZUELA

Maduro discursa para apoiadores e critica ajuda humanitária

Mais Lidas