Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

GLEBA OURO VERDE

Ivinhema lidera produção de urucum no Estado de MS

4 ABR 11 - 00h:00FATIMA NEWS

De acordo com integrantes do projeto Urucum do Brasil, o município de Ivinhema é o maior produtor dessa planta em Mato Grosso do Sul. Esta informação foi divulgada no II Encontro sobre a cultura de urucum que aconteceu na última sexta-feira, na Gleba Ouro Verde.

O evento realizado em Ivinhema teve como um dos objetivos melhorar a produtividade da cultura do urucum. Atualmente, o município possui uma área de aproximadamente 63 hectares com a cultura. Técnicos da Agraer - Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul acreditam que haverá ainda um aumento da área de plantio e a elevação da produtividade das lavouras existentes.

“Um dos pontos de partida para sucesso no setor agrícola de nossa região é a organização e a integração entre os produtores. Isso nós vemos que existe aqui em Ivinhema que é uma referência na Agricultura Familiar”, destaca o coordenador regional da Agraer, Sandro Poloni.

Para o prefeito Renato Câmara a cultura do Urucum é uma ótima alternativa para a diversificação rural. “A produção de urucum, o tradicional colorau, faz parte do projeto de diversificação rural, fortalecimento da agricultura familiar e geração de emprego e renda de Ivinhema”, disse ele.

“O urucum utiliza muita mão de obra e essa mão de obra é familiar. Com isso, a renda, os lucros com essa atividade ficam com o pequeno produtor, melhorando assim a economia como um todo e beneficia o nosso Município”, ressalta o prefeito.

O II Encontro da cultura do urucum contou com a presença de vários produtores da região e de estudantes da UEMS e do Colégio Agrícola. Esta ação é uma realização da Ampagov, Agraer, Prefeitura Municipal e Cooperativa Agropecuária do Vale do Ivinhema (Cooperavi).

Urucum

É uma planta originária da América do Sul, mais especificamente da região amazônica. Seu nome popular tem origem na palavra tupi "uru-ku", que significa "vermelho". De suas sementes extrai-se um pigmento vermelho usado pelas tribos indígenas brasileiras e peruanas como corante e como protetor da pele contra os raios solares intensos. Hoje ele é usado amplamente na indústria alimentícia como corante de diversos produtos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

INDEFINIÇÃO

STF adia julgamento sobre compartilhamento de dados da Receita com MP

Prisão sem prova fere lei para tentar exibir troféu, diz defesa de Temer
EX-PRESIDENTE

Prisão sem prova fere lei para tentar exibir troféu, diz defesa

NO TWITTER

Lava Jato não precisa de pirotecnia para sobreviver, diz Lula sobre prisão de Temer

Defesa de Temer pede habeas corpus ao TRF2
LAVA JATO

Defesa de Temer pede habeas corpus ao TRF2

Mais Lidas