quinta, 19 de julho de 2018

CAFEICULTURA

Ivinhema lidera no plantio de café em MS

20 DEZ 2010Por Cícero Faria, Dourados00h:53

Ivinhema sedia a maior área  de café de Mato Grosso do Sul com 790 hectares em produção na safra deste ano e a colheita de 948 toneladas. Os dados são da  Agência  de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) que faz o acompanhamento da atividade naquele  municipio.  Essa produção rendeu 15.800 sacas de 60 quilos aos cafeicultores, formados por pequenos produtores rurais.

E as perspectivas são boas: para o ano/safra de 2011, a estimativa é que sejam colhidas 1.068 toneladas e que a área de plantio ampliada para 890 hectares, garantindo a produção de 17.800 sacas.

A qualidade do café e a certificação de origem são aspectos que permitem à indústria diferenciar seus produtos e agregar valor ao produto, comentou o coordenador técnico  da Agraer em Ivinhema, Simeão dos Nascimento Filho.

“As tecnologias evoluíram e no café não é diferente. Tem que evoluir também para dar maior sustentabilidade para a propriedade”, destacou  Simeão Filho. O café é uma importante componente dentro do projeto de diversificação rural da agricultura familiar. O café, aliás, é uma das culturas pioneiras de Ivinhema e que a cada ano vem se fortalecendo cada vez mais.
No Estado, a cafeicultura é praticada comercialmente na região sul onde estão 1.247 hectares das lavouras estaduais, distribuídos em 16 municípios. Ivinhema, segundo o IBGE, é o maior plantador com 890 ha. para a próxima colheita, que começa em maio. O outro destaque é Eldorado com 208 hectares; Glória de Dourados tem plantio de  35 ha; Angélica, 27 ha e Ponta Porã, 20 ha. Os demais municípios plantam café em pequena escala. No Estado, a área chega  a 1.283 hectares.

Em maio deste ano, 42 cafeicultores de Ivinhema fizeram uma visita técnica à cidade de Patrocínio para buscar conhecimento e informações sobre os modernos sistemas de produção utilizados em Minas Gerais, maior produtor de café do Brasil. Somente em Patrocínio, atualmente, são 24 mil hectares e a produção é exportada para dez países.

 

Leia Também