terça, 14 de agosto de 2018

INSEMINAÇÃO

Itaquiraí faz investimentos na bacia leiteira

29 MAI 2011Por DA REDAÇÃO17h:23

A Secretaria Municipal de Agricultura de Itaquiraí está realizando capacitação com os 33 agentes de inseminação artificial de gado leiteiro do Município, para atualizar conhecimentos. A primeira aconteceu no dia 25.

A  prefeitura está investindo no setor qu e é a maior fonte de renda da agricultura familiar do município, segundo a prefeita Sandra Cassone.

De acordo com o agente de inseminação artificial, Elizeu Cato, com o Projeto de Inseminação Artificial os agricultores estão melhorando a genética dos animais a um custo baixo, devido ao incentivo  da prefeitura que distribui sêmen e nitrogênio para conservação do sêmen. “Temos uma melhoria na produção e a na qualidade do leite, aumentando a geração de renda”, conta.
 

Após esse trabalho, a administração também capacitará novos agentes. O Projeto de Inseminação Artificial faz parte do Programa Pecuária de Leite. Segundo o secretário de Agricultura, José dos Santos Prior “90% da renda dos agricultores familiares de Itaquiraí vem do leite. Em 2005, a prefeita Sandra criou a Secretaria Municipal de Agricultura e desde então, começamos a desenvolver projetos relacionados à bacia leiteira O Município hoje é um dos que mais produz leite no Cone Sul. Hoje temos vacas que produzem 20 litros de leite por dia".

Para desenvolver o projeto, a administração municipal, em parceria com o MAPA (Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), adquiriu 14 botijões de armazenamento de sêmen, distribuídos nos Assentamentos Santa Rosa, Guassu, Indaiá, Sul Bonito, Lua Branca, Aliança, Tamakavi e Boa Sorte, e 3 mil doses de sêmen de gado de raças leiteiras, em 2008. Além disso, entre 2008 e 2010, em parceria com o SENAR, a Administração capacitou 33 agricultores familiares que se tornarem os agentes de inseminação.

A cada 40 dias, a prefeitura também abastece os botijões de armazenamento de sêmen, com nitrogênio.

 

Leia Também