Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

Itamaraty confirma morte de brasileira na Flórida e acompanha investigações

29 AGO 2012Por agência brasil14h:30

O Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, confirmou hoje (29) que o Consulado do Brasil em Miami, nos Estados Unidos, acompanha as investigações sobre a morte da brasileira Jorgete Acarie, de 43 anos. Jorgete foi encontrada morta no dia 26 com um tiro, deitada sobre a cama na casa onde morava em Orlando, na Flórida (Estados Unidos). A polícia trabalha com a hipótese de crime passional.

Há alguns dias, Jorgete prestou queixas contra o ex-namorado, que é norte-americano. À polícia, a brasileira disse que estava sendo perseguida e era agredida pelo ex-namorado. De acordo com ela, o ex-companheiro cercava a casa onde morava com o filho de 2 anos.

Os policiais encontraram Jorgete morta e o filho dela estava na casa, mas não apresentava lesões físicas. O menino foi levado ao Departamento de Crianças e Adolescentes da Flórida, ficando sob custódia do Estado.

O Itamaraty informou que o Consulado do Brasil em Miami conseguiu entrar em contato com Viviane Acarie, irmã de Jorgete, que também mora nos Estados Unidos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também