Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Isolados, assentados do Estado viram “favelados do campo”

Isolados, assentados do Estado viram “favelados do campo”
14/03/2010 05:55 -


Quatro anos depois de ter conquistado os tão esperados 12,5 hectares que representavam o pontapé para uma vida melhor, moradores dos assentamentos Avaré e Mutum – localizados entre os municípios de Ribas do Rio Pardo e Santa Rita do Pardo, região leste de Mato Grosso do Sul –, aos poucos perdem a esperança de sair da miséria. O abandono, a falta de infraestrutura e condições para produção agropecuária – até mesmo de subexistência – transformaram as famílias assentadas em verdadeiros “favelados do campo”, como eles mesmos definem. A terra arenosa não permite plantio de lavoura e o que se vê ao longo dos quase 10 mil hectares é o amarelo do solo e alguns metros da plantação arruinada.

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.