Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

PARAGUAI

Irmão da modelo Larissa Riquelme é suspeito de ter roubado banco

2 NOV 2010Por g112h:59

O irmão de Larissa Riquelme, Freddy Román Riquelme, é apontado como suspeito de um assalto a uma agência do banco Itaú, no Paraguai. Segundo o diário local "ABC", o parente da modelo paraguaia teria roubado 1,04 bilhão de guaranis, o equivalente a R$ 313 mil. A polícia deteve Freddy, que foi encontrado com o carro usado no assalto durante uma operação de inteligência da polícia.

A ação aconteceu no dia 20 de outubro, a uma sucursal do banco brasileiro na capital Assunção. Ao menos quatro homens teriam levado o dinheiro em uma ação que foi descrita pela polícia local como "cinematográfica".

Freddy publicou em seu perfil na rede social Facebook fotos segurando bolos de dinheiro e um fuzil. Ao ser questionado sobre o motivo das imagens em na rádio paraguaia 970 AM na manhã desta terça-feira (2), o irmão de Larissa afirmou que as notas eram parte de uma quantia de 7 mil euros, dinheiro recebido após um dos trabalhos da modelo.

Segundo Freddy, o montante teria sido trocado em uma casa de câmbio no Shopping Multiplaza, na capital paraguaia, logo após as fotos terem sido tiradas, na mesma data do assalto. Sobre a arma, que aparece em uma foto de 11 de outubro, ele disse: "As armas me encantam, a quem não?". O irmão da modelo já teve passagens anteriores pela polícia e atualmente é processado por fraude.

Larissa Riquelme publicou mensagem de apoio ao irmão no serviço de microblog Twitter. "Mesmo que o mundo esteja contra você, estou e estarei ao seu lado, como sempre, nas boas ou más [situações]. Amo você, irmãozinho, que tudo fique bem", escreveu a modelo.

Trabalhando também como atriz, a paraguaia ficou conhecida como a "namorada do Mundial" e apareceu em revistas masculinas, inclusive no Brasil.

Leia Também