sexta, 20 de julho de 2018

Sakineh

Irã prende advogada de Sakineh

15 NOV 2010Por AGÊNCIA ESTADO, TEERÃ05h:45

A advogada de Sakineh Ashtiani, a iraniana condenada à morte por apedrejamento, foi presa ao retornar ao Irã, informou seu antigo advogado, Mohammad Mostafaei. Sara Sabbaghiyan, advogada de Sakineh, foi detida sábado junto à advogada de Mostafaei, Maryam Kiyan, e a uma terceira advogada, Maryam Karbasi, no aeroporto Imam Khomeini.

As três advogadas retornavam ao país vindas da Turquia, disse a Efe Mostafei, que atualmente vive exilado na Noruega com sua mulher e sua filha.

Sakineh, de 43 anos e mãe de dois filhos, foi condenada em 2006 a morrer apedrejada por manter relações com dois homens após a morte de seu marido. Posteriormente, foi acusada de ser cúmplice no assassinato de seu esposo e foi, novamente, condenada à morte. Mostafei, que foi o primeiro advogado de Sakineh, foi condenado à revelia a seis anos de prisão por atentar contra a segurança nacional por divulgar o caso.

Leia Também