Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

iPhone 6 pode ter sensores de pressão, umidade e temperatura

iPhone 6 pode ter sensores de pressão, umidade e temperatura
18/03/2014 05:00 - canaltech


De acordo com informações publicadas pela analista Sun Chang Xu em seu perfil no Weibo, a Apple está trabalhando na inclusão de sensores para a próxima versão do iPhone. O aparelho incluiria sistemas de sensores de pressão, umidade e temperatura.

É importante observar, no entanto, que o texto se refere à medição de pressão e temperatura do ambiente e não do corpo, algo que é esperado que seja lançado no iWatch, suposto relógio ou pulseira que seria vendido pela marca ainda este ano.

Sun Chang Xu é analista-chefe de notícias da ESM-China e tem diversas fontes dentro da própria Maçã. As declarações no perfil pessoal de Chang Xu foram descobertas e publicadas pelo site MacRumors.

O analista já relatou outras novidades da Apple anteriormente, como a possibilidade de utilização de sensores ópticos para a medição de pressão arterial e níveis de oxigênio no iWatch.

A inclusão de sensores no iPhone parece ser um caminho natural, já que a marca acaba de lançar um modelo com sensor biométrico. A colocação de sensores atmosféricos faria, ainda, que o próximo iPhone ficasse em igualdade com a linha Galaxy, que teve um lançamento semelhante no Galaxy S4.

É possível, ainda, que os sensores atmosféricos ajudem na coleta de dados que podem compor as informações do Healthbook, app que pode ser lançado pela Maçã no iOS 8 para o controle de saúde.
 

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...