iOS 6 vai deixar usuários usarem Wi-Fi e 3G ao mesmo tempo

iOS 6 vai deixar usuários usarem Wi-Fi e 3G ao mesmo tempo
11/08/2012 04:00 - techtudo


A Apple inseriu na versão beta do novo iOS mais uma função reivindicada pelos usuários. A novidade é a capacidade de acessar as redes Wi-Fi e 3G simultaneamente. O novo recurso, descoberto pela equipe do AppleInsider e divulgado na última quinta-feira (10), vai se chamar "Wi-Fi Plus Cellular". A mudança vai deixar a conexão com a Internet mais estável nos dispositivos da Apple.

As reclamações sobre a conectividade entre iPhones e iPads com as redes Wi-Fi sempre aconteceram, principalmente quando o sinal é aberto ou está um pouco fraco. Com a opção de habilitar as duas redes simultaneamente, o Wi-Fi será utilizado normalmente, mas caso a conexão sem fio caia ou fique fraca, o 3G assume automaticamente, evitando que os aplicativos ou serviços que estiverem sendo utilizados sejam interrompidos.

Até o momento, quando um gadget da empresa se conecta com uma rede, seja Wi-Fi ou 3G, ele automaticamente se desliga da outra, evitando assim um gasto de bateria e economizando o pacote de dados. Entretanto, a Apple finalmente parece ter ouvido as reclamações e mudou suas configurações para manter as duas redes ativas.

Para que as duas redes sejam ligadas ao mesmo tempo, certamente a Apple deve ter feito alterações no gasto de bateria, uma vez que o uso de duas conexões consumiria uma grande quantidade de energia. A nova versão do sistema, o iOS 6, que inclui esta e muitas outras novidades, deve chegar aos usuários em setembro deste ano.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".