Quarta, 13 de Dezembro de 2017

CAMPO GRANDE

Investimento de empresa reduziu
R$ 158 milhões

5 JAN 2014Por DA REDAÇÃO00h:00

Reportagem na edição deste domingo (05) do jornal Correio do Estado mostra que a Prefeitura de Campo Grande encerra 2013 com fraco desempenho na atração de empresas, conforme números da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, de Ciência e Tecnologia e do Agronegócio (Sedesc).

A quantidade de projetos aprovados no ano passado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (Codecon), vinculado à Sedesc, é três vezes menor que em 2012. A distância entre os valores também é expressiva: os investimentos estimados pelos empreendimentos com aprovação em 2012 somaram R$ 517,115 milhões; em 2013, o montante totalizou R$ 358,845 milhões. A variação de -30,6% corresponde a R$ 158,27 milhões.

Segundo a reportagem de Osvaldo Júnior, os números modestos do ano passado comparativamente a 2012 refletem a demora da administração atual em organizar sua política de atração de empreendimentos. Nos primeiros meses de gestão, a Sedesc ficou sem titular – a indicação da secretária Dharleng Campos ocorreu apenas em maio.

Passaram-se, ainda, mais quatro meses para ser realizada a primeira reunião (no dia 21 de outubro) do Codecon, responsável pela avaliação de projetos de empresas, que desejam se instalar e/ou expandir-se na cidade, e pela concessão de benefícios previstos no Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande (Prodes). O resultado desse cenário são os números relativamente modestos.  

Leia Também