Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

TAÇA FARROUPILHA

Inter tenta ganhar ritmo de jogo antes da Libertadores

13 MAR 2011Por GAZETA PRESS14h:55

Ainda há o que provar. O Inter de 2011 ainda não empolga, ainda não conquistou a confiança do torcedor, mesmo que em seus dois últimos jogos o time tenha vencido por 4 a 0. Falta ainda uma atuação superior. O Caxias, na Serra, será a oportunidade de os colorados se aproximarem um pouco mais do que deles se espera. Neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na segunda rodada da Taça Farroupilha, os colorados querem ganhar ritmo de jogo.

Diante do Jaguares, pela Libertadores, o futebol apresentado foi de uma pobreza sem tamanho. Os três primeiros gols saíram de bola parada e o quarto dos pés de Oscar. O meia foi um dos destaques na vitória sobre um pouco competitivo Ypiranga, quinta-feira, com duas assistências.

É em cima do jovem, campeão Sul-americano Sub-20 com a seleção brasileira, que se começa a pensar em um futebol capaz de agradar e convencer. "Espero seguir nesse ritmo. O Celso pode contar comigo. Estou em um momento bom", comentou o habilidoso jogador.

Se suas atuações se repetirem, o técnico Celso Roth terá de estudar a arquitetura de seu meio-campo quando o lesionado D'Alessandro estiver de volta.

Mesmo tendo jogo pelo torneio continental no meio da semana, o Inter jogará com seus titulares, pois após duas semanas só treinando, o time precisa de ritmo. As ausências serão o lateral Kléber e o volante Guiñazu, poupados.

Chegar à decisão do primeiro turno é um prêmio para um clube do Interior. Ver o título escapar no Olímpico aos 50 minutos do segundo tempo e perder nos pênaltis é doloroso, mas ao mesmo tempo traz a satisfação de um trabalho bem feito. Mesmo estando encaixado neste contexto, o Caxias vive uma pequena crise.

Após o jogo contra o Grêmio, o técnico Lisca pediu demissão. Evasivo, ele preferiu não explicar sua saída. De acordo com a diretoria, ameaças de torcedores o levaram a tomar a decisão. O novo técnico é Luis Carlos Ferreira. A equipe grená começa o segundo turno precisando pensar primeiro em seus problemas internos para depois tentar surpreender novamente. Além da ausência de técnico, em campo serão quatro desfalques, Marcelo Ramos, Édson Rocha, Alisson e Edenilson cumprem suspensão.

FICHA TÉCNICA
CAXIAS X INTER

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 13 de março de 2011, domingo
Horário: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Fabrício Côrrea
Assistentes: Alduino Mocelim e Charles Lorenzetti

CAXIAS: André Sangalli; Marcelo Oliveira, Neto, Vanderlei e Gerley; Marcos Rogério, Dê, Itaqui e Pedro Henrique; Everton e Lima
Técnico: Luis Carlos Ferreira

INTER: Lauro; Daniel, Sorondo, Rodrigo e Massari; Bolatti, Wilson Matias, Tinga, Oscar e Zé Roberto; Leandro Damião
Técnico: Celso Roth

Veja os jogos da rodada:

Domingo
16h Caxias x Inter
16h Inter-SM x Santa Cruz
18h São José x Novo Hamburgo
18h30min Pelotas x Juventude

Segunda-feira
16h Porto Alegre x Veranópolis

Terça-feira
Canoas x Lajeadense

Quarta-feira
Ypiranga x São Luiz
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também