quarta, 18 de julho de 2018

GAUCHÃO

Inter encara o Pelotas antes da Copa Libertadores

13 FEV 2011Por GAZETA ESPORTIVA05h:50

Não havia como ser diferente, o Inter começaria pressionado o ano após o fracasso no Mundial. O que na se imaginava é que os resultados e as atuações dentro de campo aumentassem o ambiente de desconforto no Beira-Rio. Na segunda partida com o elenco principal, o time de Celso Roth computa uma derrota e apresenta vícios da temporada passada.

A poucos dias estreia na Libertadores, o jogo contra o Pelotas, em casa, cresce em importância, sendo observado com lupa na busca de soluções para o problema e possíveis perpetuações de falhas.

Tão importante quanto vencer na última rodada da primeira fase da Taça Piratini, o primeiro turno do Campeonato Gaúcho, neste domingo, o Inter precisa mostrar que ainda é confiável a partir das 17 horas (de Brasília). É necessário atuar bem diante do seu torcedor, passando um recado de que a lição foi aprendida e que a vida segue em um ano em que tem, novamente, Libertadores. É pensando muito mais nessa competição que o time entrará no verde gramado do Beira-Rio, tentando mostrar força e ganhando ritmo para a estreia no torneio continental, na quarta-feira.

Em campo, Roth escalará o time mais próximo possível do que enfrentará o Emelec. Bolatti, sem condições legais fica de fora. E Cavenaghi deve ficar no banco de reservas, caso o clube recebe da Fifa a liberação para atuar.

Após ficar de fora contra o Veranópolis devido a dores musculares, Zé Roberto volta ao ataque. Ele é a esperança de um time mais coeso, com maior poder ofensivo.

- É melhor com dois atacantes. O peso não fica só em um. Tenho conversado bastante com o Cavenaghi. Ele me passou algumas dicas e eu também tento ajudá-lo na adaptação -, opinou Leandro Damião.

Para garantir um lugar nas quartas de final, o Inter depende apenas de si. Vencendo avança. Um empate ou uma derrota ainda darão vaga caso nos jogos de Lajeadense, Ypiraga e São José, um deles não vença, desde que o Novo Hamburgo também perca.

A situação do Pelotas é diferente, quarto colocado do Grupo 2, o time pode não avançar mesmo vencendo. Com oito pontos, mesma pontuação do Cruzeiro, o clube da zona sul pode ficar de fora caso o da Capital também vença com uma diferença três vezes maior do que os pelotenses.

A partida marcará a estreia do técnico Armando Dessessards, ex-Cruzeiro. Ele assume no lugar de Gilmar Dall Pozzo.O principal nome da equipe para a partida é o atacante Tiago Duarte.

Confira a rodada:
17 horas – Canoas x Inter-SM
17 horas – São José x Santa Cruz
17 horas - Caxias x Porto Alegre
17 horas – Ypiranga x Veranópolis
17 horas – Novo Hamburgo x Grêmio
17 horas – Lajeadense x Juventude
17 horas – Inter x Pelotas
17 horas – São Luiz x Cruzeiro

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X PELOTAS

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 13 de fevereiro de 2011, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Fabrício Neves Corrêa
Assistentes: Júlio Cézar Freitas e Sedenir Martins

INTERNACIONAL: Lauro; Nei, Índio, Sorondo e Kleber; Wilson Mathias, Guiñazu, Tinga e D’Alessandro; Zé Roberto e Leandro Damião
Técnico: Celso Roth

PELOTAS: Adinam; Johnathan, Jonas, Fernando Cardozo e Robinho; Gavião, Makelele, Cléber e Maicon Sapucaia; Tiago Duarte e João Paulo
Técnico: Armando Dessessards
 

Leia Também