Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Inter deve definir contratação de novo zagueiro até a próxima semana

Inter deve definir contratação de novo zagueiro até a próxima semana
01/01/2014 01:00 - terra


A direção do Inter já confirmou quatro contratações para a temporada de 2014, além da nova comissão técnica que será chefiada por Abel Braga. Os novos reforços do Inter são o goleiro Dida, o lateral esquerdo Alan, o centroavante Wellington Paulista e o zagueiro Ernando.

Na próxima semana, os dirigentes colorados pretendem definir também a contratação do zagueiro Paulão, que foi campeão Brasileiro com o Cruzeiro, mas pertence ao Guangzhou Evergrande, da China.

“Está tudo bem encaminhado, vamos esperar a virada do ano e na próxima semana vamos definir os detalhes que faltam para confirmar a contratação do Paulão”, disse Newton Drumonnd, executivo de futebol do Inter.

Em relação ao zagueiro Vilson, ex- Grêmio e que pertence ao Palmeiras, mas não deverá ter o contrato renovado para o próximo ano, o dirigente colorado destacou que não procurou o jogador e que o Inter não tem interesse nesta contratação.

“É um bom jogador, mas o Inter não tem interesse nesta contratação. Estamos buscando o Paulão e já temos outros jogadores no grupo para esta posição”, disse Newton Drumonnd.

Outra posição que o Inter busca reforçar é a lateral direita. Hoje, Abel Braga conta com Ednei, que não deu a resposta esperada, e com jogadores formados nas categorias de base para esta posição. A ideia da direção e também do técnico Abel Braga é de ter no mínimo um jogador experiente em cada posição.

Felpuda


Vêm aumentando que só os disparos de segmentos diversos contra cabecinha coroada que, até então, acreditava voar em céu de brigadeiro. O novo coronavírus chegou, ganhou espaço, continua avançando e atualmente tem sido o melhor cabo eleitoral dos adversários. A continuar assim, sem ações mais eficazes, o estrago político poderá ser grande. Observadores mais atentos têm dito que o momento não é de viver o conto da “Bela Adormecida”. Só!