terça, 17 de julho de 2018

CORUMBÁ

Instituto Federal abre processo seletivo para três novos cursos

22 NOV 2010Por DIÁRIO ONLINE09h:11

Três novos cursos serão implantados em Corumbá pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia. São eles: técnico em Metalurgia, técnico em Informática e técnico em Manutenção e Suporte de Informática.

O processo seletivo abrirá inscrições na próxima 4ª feira, 24 de novembro, e seguirá até o dia 07 de dezembro pela internet no endereço www.ifms.edu.br, onde já se encontra disponível o edital. Serão 200 vagas, divididas em cinco turmas, conforme explicou ao Diário, o diretor geral do Campus de Corumbá, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul, Luiz Simão Staszczak. No período diurno, acontecerão as aulas de técnico em Metalurgia e técnico em Informática, com turmas pela manhã e pela tarde. Já no período noturno, as vagas serão para o técnico em Manutenção e Suporte de Informática.

Staszczak aproveitou para detalhar a atuação do profissional que será formado em cada curso. “Corumbá tem uma área voltada justamente para a mineração e no curso serão abordadas as duas fases que a metalurgia trata. A primeira é  a ação extrativista e, depois a transformadora. A ação de processamento do minério para que possa ser transformado dentro da composição das múltiplas ligas que a indústria pode produzir”, esclareceu.

Sobre o técnico em Informática, ele disse que os conhecimentos vão além do manuseio e compreensão da parte física da máquina. “É direcionado para dar não somente a formação básica no segmento da informação, do tratamento, da comunicação de dados que a informática faz, mas principalmente o conhecimento técnico do sistema de processamento de dados. É importante ao técnico conhecer o equipamento e também a funcionalidade que essa máquina tem, o que pode realmente transferir para a questão prática, que é a necessidade da nossa indústria da aplicação dos múltiplos softwares, por exemplo, e as ações ligadas a internet”, explicou.

Esses dois cursos, segundo o diretor, são voltados para o público oriundo da 9ª série do Ensino Fundamental, enquanto o técnico em Manutenção e Suporte de Informática será disponibilizado para pessoas com idade superior a 18 anos, na modalidade Proeja.

“Serão profissionais formados para atender aquilo que percebemos na rotina do dia a dia, que são as falhas que os equipamentos têm. Ele vai ter um domínio de conhecimento para que possa através da informação técnica saber como resolver problemas, com foco em hardwares”, esclareceu.

Parceria

Atualmente, estão em andamento na cidade, três cursos na modalidade ensino à distância, numa parceria entre o Instituto Federal do Paraná, Instituto Federal de Mato Grosso do Sul e Prefeitura Municipal de Corumbá. As aulas de técnico em Administração, técnico em Serviços Públicos e técnico em Secretariado estão acontecendo no Espaço Educacional, local cedido pela Prefeitura até que a construção da sede do Instituto Federal em Corumbá seja concluída. O prazo previsto é dezembro de 2011.

O secretário executivo de Educação de Corumbá, Hélio de Lima, destacou a importância do Instituto Federal em Corumbá e em várias outras cidades do Estado. “Mato Grosso do Sul não tinha nenhum curso técnico federal, era o único estado da federação que não tinha, daí implantou-se em Nova Andradina. A Presidência da República sentiu a necessidade de expandir isso para todo o Brasil, então vários municípios foram contemplados nessa política pública de expansão para fortalecer os trabalhadores, a escola pública, por isso 50% das vagas são destinadas a alunos das escolas públicas, para aqueles trabalhadores desempregados. Então os cursos vêm para montar uma rede de mão -de-obra”, avaliou ao destacar a parceria da Prefeitura Municipal com o Instituto Federal. Para abrigar os novos cursos, a Prefeitura cedeu a antiga área utilizada pela Justiça Eleitoral no piso superior do prédio do Espaço Educacional.

“Essa parceria com a Prefeitura é muito importante, é uma visão de futuro e o prefeito Ruiter (Cunha) tem um compromisso com a Educação do Ensino Fundamental como qualificar esses moradores de Corumbá. Corumbá está sendo preparada para 20 anos, é a luta de uma administração”, disse o secretário Hélio que destacou a abrangência do processo seletivo para alunos estrangeiros, sobretudo, os bolivianos com os quais Corumbá tem bastante contato devido à fronteira.

Leia Também