Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Corumbá

Instalação de usina gera polêmica

7 FEV 2011Por Sílvio Andrade, de Corumbá00h:00

A instalação da usina de ferro-gusa no distrito de Maria Coelho, distante 40 km de Corumbá, gerou muita polêmica e as obras chegaram a ser suspensas pela Justiça Federal sob a alegação de compra de carvão vegetal na região do Pantanal. A MMX buscou alternativas fora da planície, mas acabou recebendo multa milionária por adquirir o produto ilegal, e desistiu do projeto.
A solução para as dificuldades que a Vetorial agora enfrenta para operar os fornos, depois de ganhar na Justiça o direito de captar água do Córrego Piraputangas para alimentar os fornos, pode estar, contudo, na região pantaneira. A idéia foi lançada pela Associação Comercial e Empresarial de Corumbá: utilizar as terras improdutivas do Assentamento São Gabriel, localizado próximo à indústria, para reflorestamento.

“Temos que buscar alternativas para impedir novamente o fechamento da indústria, que gera mais de 300 empregos diretos e indiretos em nossa região”, sustenta o presidente da entidade, Alfredo Zamlutti Junior. O empresário se reuniu com as associações dos assentados e foi firmado um protocolo de intenções, onde os parceleiros se comprometem a aderir ao projeto.

Leia mais no Correio do Estado

Leia Também