Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

MAIO

INSS envia carta aos trabalhadores que podem se aposentar

25 ABR 2011Por Infomoney19h:07

Os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que já estiverem aptos para se aposentar por idade a partir de maio receberão uma carta do órgão avisando sobre essa possibilidade. Segundo a Previdência Social, 1.731 correspondências foram enviadas.

O envio do Aviso para Requerimento do Benefício foi estabelecido em junho de 2009, com o objetivo de informar os servidores sobre seus direitos previdenciários. A medida prevê que as pessoas que já tenham completado a idade mínima e a carência necessárias para a aposentadoria recebam o aviso.

Homens que completam 65 anos e mulheres que completam 60 anos a partir do dia 1º de maio de 2011 devem receber o documento. Ambos devem ter feito, no mínimo, 180 contribuições ao INSS.

Informações e segurança
A carta possui um código de segurança para que a pessoa se certifique de que a correspondência foi realmente emitida pelo INSS. A confirmação de autenticidade pode ser feita no site da Previdência Social (www.previdencia.gov.br) ou pelo número 135. Além do código de segurança, podem ser solicitados outros dados do beneficiário.

O documento conta com o nome e o NIT (número de identificação do trabalhador) do segurado, data de nascimento, sexo, informação sobre a quantidade de contribuições feitas ao INSS e estimativa de renda mensal do futuro benefício.

O beneficiário também pode confirmar a autenticidade do documento na internet. No campo agência eletrônica do segurado, basta clicar em "Lista completa de serviços" e, em seguida, no atalho "Aviso para Requerimento de Benefício". Além do código de segurança indicado, será solicitado ao usuário que digite o nome, data de nascimento e CPF. Se os dados estiverem corretos, aparecerá uma mensagem confirmando a autenticidade da carta.

Aqueles que não receberam a carta, mas têm condições para se aposentar por idade, devem providenciar a correção de seu cadastro, agendando o atendimento pela Central 135. A Previdência alerta aos segurados para que mantenham seus dados atualizados.

Leia Também