Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 22 de janeiro de 2019

Inscrições para o Enem vão só até esta sexta-feira

7 JUN 2011Por r705h:00

Esta é a última semana de inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Os interessados em participar das provas, que serão aplicadas nos dias 22 e 23 outubro, devem se inscrever até a próxima sexta-feira (10).

O formulário deve ser preenchido exclusivamente pela internet e a taxa de R$ 35, paga nas agências do Banco do Brasil. Alunos do 3º ano do ensino médio de escolas públicas estão isentos da taxa, assim como estudantes que comprovarem ser membro de família de baixa renda.

Os candidatos vão resolver quatro provas com 45 questões objetivas de múltipla escolha, cada, das seguintes áreas: ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias e, matemática e suas tecnologias, além de uma redação – divididas em dois dias com quatro horas e meia e cinco horas e meia de duração, respectivamente.

Objetos eletrônicos, como celular, aparelhos MP3, tablets e notebooks, assim como lápis, lapiseira, borracha, livros, manuais e óculos escuros estão proibidos. Os documentos de identidade apresentados devem ter foto, conforme a lista exigida pelo Inep (Instituto Nacional de Ensino e Pesquisas Educacionais), responsável pelo exame.

O Enem será aplicado em todo o território nacional e começa às 13h (horário de Brasília). Mais informações na página do exame na internet.

Mlhões de candidatos

Até a última quinta-feira (2), o Inep registrou mais de 3 milhões de inscrições para o Enem. A cada dia 320 mil novos candidatos se inscrevem para o exame.

São 400 mil funcionários - desde trabalhadores da gráfica até policiais federais que vão escoltar as provas - concovados para a realização do exame e cerca de 140 mil salas de aplicação distribuídas por quase 1.600 cidades.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também