Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 14h56min

Inscrições no Enem aumentam 26% em MS

11 AGO 10 - 07h:50
MICHELLE ROSSI

Em Mato Grosso do Sul,  98.423 pessoas vão fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dias 6 e 7 de novembro de 2010. O número é 26,4% maior do que o total de inscritos no processo do ano passado, quando 77.816 vestibulandos fizeram a prova. Comparado com 2008, quando não havia o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que possibilita o ingresso em instituições de ensino superior públicas, a quantidade de candidatos deste ano é 72% maior.
Dos 98,4 mil inscritos neste ano, apenas 17.670 tentam obter a certificação do ensino médio, ou seja, estão concluindo esta etapa e podem pleitear vaga em uma universidade. Entre as unidades da Federação, Mato Grosso do Sul é o 15º em número de inscritos.
São Paulo é o Estado que apresenta o maior número de inscritos: 827.818. Em segundo lugar está Minas Gerais, com 538.864. O Amapá é o estado com menor número de participantes: 14.359. Segundo o Ministério da Educação (MEC), no total, são 4,6 milhões de inscritos em todo o Brasil, recorde da prova criada em 1998, mas que agora pode significar o ingresso a uma universidade por meio do Sisu.

Universidades
No Estado, as três universidades públicas utilizam de alguma forma as notas do Enem. A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), a partir da seleção de inverno 2010, usou apenas a prova para selecionar seus alunos e vai continuar com o sistema para os próximos ingressos, seja no inverno ou verão. No entanto, ainda não está definido se as notas do Enem de 2009 também poderão ser inscritas para o processo seletivo do início de 2011. Até o momento, apenas os candidatos inscritos no Enem 2010 estão aptos a concorrer a vagas na UFMS.
A assessoria de comunicação da universidade informou que há 13 mil alunos atualmente na UFMS (campi da Capital e interior) e que só em setembro serão definidos o números de cursos e vagas que serão abertas para o próximo ano.  
A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) é outra instituição que vai utilizar apenas as notas do Enem para admissão em seus cursos a partir do ingresso para o verão em 2011.  
A UEMS, aliás, abre vagas anualmente e até então utilizava o vestibular como processo seletivo de seus alunos. São 52 cursos em 15 unidades espalhadas pelo interior e também capital e atualmente concentra 8 mil alunos.
Na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) as notas do Enem são utilizadas apenas para preencher vagas remanescentes desde 2009. No entanto, no último processo seletivo, a universidade realizou vestibular e lançou 8 listas de convocação para os candidatos que prestaram o exame, não utilizando assim as notas do Enem. Segundo a assessoria da UFGD o recurso deve ser usado em 2010, mas ainda não se sabe em qual chamada o Enem deve substituir a convocação do vestibular. Os processos seletivos na UFGD são anuais (só no verão) e hoje são 5.200 alunos distribuídos em 28 cursos. (Colaborou Silvia Tada) 
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Nenhum candidato se atrasa para concurso de Magistério
PROVA

Nenhum candidato se atrasa para concurso de Magistério

Deputados temem estoque
IMPORTAÇÃO

Deputados temem estoque "monstruoso" de leite da UE

Operação da PM aborda 117 pessoas   e apreende drogas durante a noite
OPERAÇÃO SATURAÇÃO

PM aborda 117 pessoas e apreende drogas

Anta é fotografada de madrugada   ao cruzar rua de shopping
SHOPPING

Anta é fotografada
ao cruzar rua movimentada

Mais Lidas