Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SIDROLÂNDIA

Inscrição 'relâmpago' na assistência social

Inscrição 'relâmpago' na assistência social
19/01/2014 10:15 - região news


A Secretaria Municipal de Assistência Social abriu uma inscrição relâmpago  (de sexta-feira passada a té amanhã ) para contratar por seis meses dois funcionários de nível superior com salário de R$ 3.270,00 e um de nível médio, para ganhar R$ 870,00. As inscrições poderão ser feitas das 7h às 11h e das 13h às 17h. As entrevistas estão programadas para o dia 22 e o resultado será divulgado dia 23.

Para as duas vagas serão recrutados profissionais de nível superior formados nas áreas de Serviço Social, Psicologia, Pedagogia, Antropologia Administração, Economia Doméstica, Sociologia ou Terapia Ocupacional que atuarão na mobilização da comunidade para participar dos cursos oferecidos pelo Pronatec.

Um profissional terá a missão de elaborar um estudo sócio-econômico do município; identificar as pessoas com deficiência que possam participar dos cursos oferecidos; organizar palestras, reuniões nos bairros, nas associações de moradores, oferecer vagas no EJA para aqueles que ainda não concluíram o ensino fundamental; articular ações com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico para inseri-los no mercado de trabalho.

Já o outro profissional atuará como pesquisador, sistematizando informações e estatísticas, elaborando diagnósticos e o planejamento para solução dos problemas identificados. Caberá ao servidor de nível médio a tarefa de mobilizar a comunidade, promover reuniões com famílias do cadastro único e incentivá-las a participar dos cursos.

O processo seletivo levará em conta, além do desempenho na entrevista, o currículo dos candidatos. Ganhará até 15 pontos, quem tiver pós-graduação, mestrado ou doutorado. Já para o cargo nível médio, para efeito de pontuação será levado em conta o curso superior; cursos de informática com carga de 30 horas, auxiliar administrativo e experiência no atendimento. 

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...