Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BRASIL/MUNDO

Inquérito entregue hoje com indiciamento do goleiro

Inquérito entregue hoje com indiciamento do goleiro
30/07/2010 09:17 -


Belo Horizonte

O delegado Edson Moreira, chefe do Departamento de Investigação de Homicídios (DIHPP) da Polícia Civil em Belo Horizonte, encaminhará hoje para o promotor Gustavo Fantini, do Ministério Público de Contagem, na região metropolitana, o inquérito que apura o desaparecimento e suposta morte de Eliza Silva Samudio, 25 anos, ex-amante do goleiro Bruno.
Segundo informou uma fonte ligada às investigações, no relatório escrito por Moreira “estão faltando somente as assinaturas das autoridades policiais” envolvidas. O delegado deverá indiciar o goleiro pelos crimes de sequestro, cárcere privado e homicídio. Para Moreira, não há dúvidas que o atleta é o mandante do crime.
Mesmo sem o corpo ou partes dele terem sido encontrados, o delegado relatará no inquérito que as provas testemunhais e também técnicas indicam que Eliza teria sido morta pelo ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, que será indiciado por homicídio e ocultação de cadáver.
Como provas testemunhais o delegado se baseará nos depoimentos dos primos de Bruno, principalmente. O adolescente de 17 anos, que foi apreendido na casa do goleiro no Rio de Janeiro, é para a polícia quem mais fielmente descreveu todos as cenas que envolvem o crime, desde o sequestro dela no dia 4 de junho até a morte, no dia 9 de junho. O fato de ele ter mudado o depoimento na última vez que foi ouvido, durante acareação no DIHPP, não alterará o relatório policial. O depoimento dado pelo jovem na Vara da Infância e Juventude de Contagem será anexado ao inquérito.

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!