Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

AVIAÇÃO

Infraero quer reduzir vistoria feita em pistas dos aeroportos para conhecer riscos de derrapagem

10 NOV 2010Por FOLHA ONLINE07h:37

A Infraero pediu autorização à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para reduzir as vistorias que determinam se aeroportos suportam pousos sem riscos de derrapagem das aeronaves, segundo informa a reportagem de José Ernesto Credendio publicada na edição desta quarta-feira da Folha.

Esses testes, que apontam o grau de atrito entre o pavimento da pista e o pneu do avião, são considerados por especialistas como um dos principais itens de segurança na operação aeroportuária.

A falta de atrito na pista foi apontada pela polícia como uma das possíveis causas do acidente com o avião da TAM que matou 199 pessoas em Congonhas, em 2007.

A Infraero (estatal que administra os principais aeroportos do país) enviou o pedido à Anac na semana passada. Procurada, a estatal não comentou o assunto.

A Anac começou a discutir o pedido ontem, mas ainda não tomou uma decisão.

A Infraero quer ser liberada de atender temporariamente os prazos de testes previstos na resolução feita pela Anac em 2009, com base em normas internacionais.

Leia Também