Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Inflação sobe em Campo Grande

12 MAR 10 - 07h:44
Pu xada pelo aumento nos preços de produtos aliment ícios, a i n flação em Campo Grande registra alta de 0,52% na primeira semana de março. De acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-CG), o grupo a l imentação na primeira semana de março, em relação ao mesmo período de fevereiro, apresentou elevação de 2,48%. As altas mais representativas foram nas frutas, verduras, legumes e folhosas. O tomate foi o mais expressivo, subindo 55,35%. Em seguida aparecem as frutas e verduras: melancia (39,92%); repolho (28,50%); pimentão (25,90%); uva (21,84); limão (19,59%); e mamão (19,04%). As carnes também apresent a ram acréscimo nos preços. Os maiores foram registrados no preço do acém (6,91%); e da paleta (6,26%). O frango congelado e os miúdos também subiram em 1,19% e 5,82%, respectivamente. Entre os cortes de carne suína, a bisteca aumentou 2,55%. Embora o IPC tenha sido positivo, alguns grupos apresentaram deflação na semana. O habitação registrou índice de -0,16% e o grupo Despesas Pessoais, -0,54%. “Porém esses percentuais influenciaram muito pouco na composição da inflação nesta primeira semana de março”, explica o pesquisador do Nepes, professor José Francisco dos Reis Neto. (AM)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Panqueca americana de banana <br>é receita para qualquer hora
RÁPIDO E FÁCIL

Panqueca americana de banana é receita para qualquer hora

RENDA FAMILIAR

Informalidade e benefícios respondem por 40% da renda das famílias do País

Prefeitura de Barão de Cocais decreta feriado para treinar população
RISCO DE ROMPIMENTO DE BARRAGEM

Prefeitura de Barão de Cocais decreta feriado para treinar população

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta segunda-feira: "Os abusos do Ministério Público"

Mais Lidas