Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

1ª prévia de janeiro

Inflação do aluguel desacelera alta a 0,37%

10 JAN 14 - 09h:15terra

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), utilizado para reajustar os contratos de aluguel, subiu 0,37% na primeira prévia de janeiro, ante elevação de 0,32% no mesmo período de dezembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) registrou variação de 0,38%, nos primeiros dez dias de janeiro. No mesmo período do mês de dezembro, o índice variou 0,26%. A taxa de variação do índice referente a bens finais avançou de 0,02% para 0,16%. Contribuiu para este movimento o subgrupo alimentos processados, cuja taxa passou de 0,10% para 0,61%.

O índice referente a matérias-primas brutas registrou variação de 0,38%. No mês anterior, a taxa foi de 0,81%. Os itens que mais influenciaram a trajetória deste grupo foram: soja (em grão) (1,89% para -1,41%), leite in natura (-0,55% para -3,24%) e mandioca (aipim) (1,49% para -3,27%). Com taxas em sentido ascendente, destacam-se: minério de ferro (0,47% para 1,77%), café (em grão) (2,07% para 8,61%) e bovinos (0,61% para 1,70%).

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou taxa de variação de 0,49%, no primeiro decêndio de janeiro. No mesmo período do mês anterior, a taxa foi de 0,47%. Duas das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação, contribuindo para a aceleração do IPC.

A maior contribuição partiu do grupo transportes (0,16% para 1,00%) pelo comportamento do item gasolina, cuja taxa passou de 0,03% para 4,05%. Também registrou acréscimo o grupo saúde e cuidados pessoais (0,42% para 0,45%). O item que mais influenciou este movimento foi medicamentos em geral (-0,18% para 0,34%).

Em cada classe, as principais contribuições para estes movimentos partiram dos itens: passagem aérea (33,18% para -8,06%), roupas (0,91% para 0,20%), tarifa de telefone móvel (0,63% para 0,10%), alimentação fora (0,91% para 0,47%), cigarros (0,90% para 0,58%) e tarifa de eletricidade residencial (0,99% para 0,11%), respectivamente.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) registrou taxa de variação de 0,06%, abaixo do resultado do mês anterior, de 0,36% neste mês. O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços teve alta de 0,13% enquanto, no mês anterior, a taxa foi de 0,26%. O índice que representa o custo da mão de obra não registrou variação, em janeiro. No mês anterior, este índice registrou taxa de 0,44%.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Dinheiro público poderá pagar advogado de acusado de corrupção
COBRE SEU SENADOR

Dinheiro público poderá pagar advogado de acusado de corrupção

Conheca os novos modelos HB20: Veja o vídeo.
CORREIO VEÍCULOS

Conheca os novos modelos HB20: Veja o vídeo.

Shopping vai pagar só metade do IPTU; centro de convenções ganha isenção
BOSQUE DOS IPÊS

Shopping vai pagar metade do IPTU nos próximos cinco anos

Prefeito avalia que demorou para organizar cidade
CAPITAL

Prefeito avalia que demorou para organizar cidade

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião