Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Inflação avança na 1ª quinzena de março

17 MAR 11 - 08h:54DA REDAÇÃO

O Índice de Preços ao Consumidor de Campo Grande (IPC/CG) teve alta de 0,21% na primeira semana de março. “Os grupos Alimentação e Transporte foram os principais responsáveis por esse aumento”, comenta o coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais (Nepes) da Universidade Anhanguera-Uniderp, professor Celso Correia. O Nepes é responsável pelo cálculo mensal do IPC/CG.

De acordo com coordenador do Nepes, os produtos que mais subiram de preço foram: repolho 20,88%; pepino 19,23%; cenoura 18,21%; abacaxi 17,78%; maracujá 17,35%; batata 15,47%; alface 15,02%; melão 14,30%; salsa 13,24% e farinha de trigo 11,70%.

No caso da carne bovina, enquanto alguns cortes tiveram alta, como: cupim 13,60%; peito 12,10%; coxão-mole 6,79%; e acém 5,96%; outros apresentaram queda no preço, exemplo: filé mignon (-8,88%); contra-filé (-8,33%); lagarto (-5,53%) e picanha (-3,91%).

Já no Grupo Transportes, altas foram registradas nos valores dos automóveis novos 6,28% e do etanol 3,97%.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Tarcísio, ministro da Infraestrutura, vira queridinho de Jair Bolsonaro

BRASIL

Em resposta a Bolsonaro, Maia diz que presidente é quem agride nas redes sociais

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre
BRASIL

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre

BRASIL

Brumadinho: sobe para 212 o número de mortos identificados em tragédia

Mais Lidas