Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Indústria demonstra otimismo com anúncio de cortes de encargos no setor elétrico

27 JUL 12 - 20h:00AGÊNCIA BRASIL

As declarações do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, de que o governo pretende renovar as concessões do setor elétrico e eliminar encargos setoriais foram recebidas com otimismo pelo setor industrial. Segundo o ministro, as medidas podem resultar em uma diminuição de 10% no preço da energia elétrica do país

Para a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a notícia da redução de encargos coincide com a posição defendida pelo setor privado de correção das distorções do crescimento do preço da energia que ocorreu nos últimos anos, principalmente por causa do crescimento de encargos e tributos. O diretor de Políticas e Estratégia da CNI, José Augusto Fernandes, avalia que a eliminação dos encargos é um passo importante para a competitividade do setor.

“A questão da competitividade não tem uma solução mágica, exige ações em várias iniciativas, como taxas de juros baixas e melhoria progressiva do real. Com essa medida, vão somando e criando condições para a melhoria dos problemas de competitividade da economia brasileira”. Para Fernandes, o governo deve priorizar a modicidade tarifária na escolha do sistema de renovação das concessões que começam a vencer em 2015.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Com recursos federais, governo vai reformar praça por R$ 405,3 mil
OBRAS

Com recursos federais, governo vai reformar praça por R$ 405,3 mil

Professores buscam melhores oportunidades em prova para temporários
SELEÇÃO

Professores buscam melhores oportunidades em prova para temporários

Projeto social que ensina balé para crianças está com inscrições abertas
ARTE

Projeto social que ensina balé para crianças está com inscrições abertas

Novo partido não usará fundo eleitoral sancionado, diz Bolsonaro
ALIANÇA PELO BRASIL

Novo partido não usará fundo eleitoral sancionado, diz Bolsonaro

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião