Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Indústria cai e agropecuária cresce no segundo trimestre

31 AGO 12 - 11h:51AGÊNCIA BRASIL

O crescimento de 0,4% no Produto Interno Bruto (PIB) do país no segundo trimestre do ano é o menor desde o terceiro trimestre de 2009, quando a taxa foi negativa em 1,5%. O crescimento acumulado de 0,6% do PIB no primeiro semestre é também o menor desde o segundo semestre de 2009.

O desempenho do PIB no segundo trimestre de 2012 foi fortemente influenciado pelo setor agropecuário, que teve crescimento de 4,9% em valor adicionado, compensando, em parte, a queda de 2,5% registrada na indústria. O setor de serviços ajudou, com a expansão de 0,7%.

Na comparação do trimestre atual com o anterior, no setor de serviços – o que mais cresceu – destaca-se a expansão das atividades de intermediação financeira e seguros (1,8%), dos serviços de informação (1,0%), de administração, saúde e educação pública (0,8%) e outros (0,8%). O item atividades imobiliárias e aluguel apresentou variação positiva de 0,4%, enquanto o comércio (-0,1%) manteve-se praticamente estável em relação ao trimestre anterior. Por fim, o item transporte, armazenagem e correio registrou queda de 1,2%.

Na indústria (-2,5%), três das quatro atividades tiveram taxas de variação negativas. O destaque é a queda de 2,5% observada na indústria de transformação, seguida pela extrativa mineral (-2,3%) e pela construção civil (-0,7%). Em eletricidade e gás, água, esgoto e limpeza urbana, houve crescimento de 1,6%.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Felpuda

AGRICULTURA E JUSTIÇA

Ministérios assinam acordo para combater abusos no crédito agrícola

Bombeiros confirmam terceira morte em desabamento em Fortaleza
PRÉDIO RUIU

Bombeiros confirmam terceira morte em desabamento em Fortaleza

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Juiz extingue ação contra Alckmin por supostos desvios de R$ 3 bi do Fundeb

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião