PERDÃO

Indulto natalino já colocou <br> 175 criminosos nas ruas de MS</br>

Indulto natalino já colocou <br> 175 criminosos nas ruas de MS</br>
30/07/2012 13:00 - THIAGO GOMES


Cento e setenta e cinco criminosos já foram perdoados em suas condenações, neste ano, no Mato Grosso do Sul, beneficiados pelo decreto de indulto presidencial, o popular indulto natalino. Os benefícios que estão sendo analisados ao longo deste ano tem como base as regras do decreto número 7.648/2011, baixado em 23 de dezembro pela presidente Dilma Rousseff.

Outros indultos ainda poderão ser concedidos até dezembro, quando sairão as novas regras, para requerimentos a serem formulados a partir de janeiro de 2013.

O indulto representa uma tradição brasileira que se prolonga desde a época do império, de por ocasião das festividades comemorativas ao Natal o presidente da República perdoar pessoas condenadas ou submetidas a medida de segurança, ou pelo menos reduzir-lhe as penas, desde que atendam regras especificas fixadas no decreto.

Essa tradição não se confunde com a licença natalina, que os juízes das varas de execução penal concedem aos detentos dos regimes semiaberto e aberto, para que passem as festas de Natal e Ano Novo com a família, retomando o cumprimento de suas penas logo após esse período.  

Leia mais no Corrieo do Estado

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".