Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

SIDROLÂNDIA

Índios invadem fazenda e montam acampamento

11 MAI 2011Por REGIÃO NEWS/SIDROLÂNDIA14h:46

Cerca de 1.500 índios terenas invadiram ontem à noite a Fazenda 3 R uma propriedade de 600 hectares pertencente a Ricardo Bacha que faz limite com a Aldeia Buriti. Segundo o líder indígena Roberto Silva, trata-se de uma ação para retomada de 17 mil hectares.

Ele afirma que a área já foi declarada como terra indígena. “Não falta mais nada. Só o grupo da Funai [Fundação Nacional do Índio] demarcar área”, afirma.

Localizada a 30 km de Sidrolândia, a Buriti é formada por um complexo de nove aldeias, com quatro mil pessoas vivendo em 2 mil hectares. A ofensiva dos terenas começou na manhã de ontem. O coordenador regional da Funai, Edson Fagundes, e o chefe de Meio Ambiente da Fundação, Ricardo Araújo, foram feitos reféns pelos índios.

Segundo informações, Edson ficou refém por querer trocar o coordenador das aldeias em Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti, Samuel Dias, para colocar um parente. O líder indígena minimizou a ação. “É que precisávamos de tempo para conversar”, afirma Roberto Silva.

Uma equipe da PM (Polícia Militar) do distrito de Quebra Coco foi até o local. Segundo a polícia, os índios estavam armados com arco, flecha, foices e arpões. Conforme Roberto Silva, os índios montaram acampamento e estão dispostos a permanecer na área invadida. “Quando começa uma retomada, ninguém sabe o que nos espera”.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também