Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 16 de janeiro de 2019

SIDROLÂNDIA

Índios armados teriam bloqueado estrada

15 MAI 2011Por DA REDAÇÃO07h:40

Um grupo de índios terena que desde terça-feira à noite ocupam a Fazenda 3 R (uma das 25 que reivindicam como terra indígena) teriam obstruído, no início da noite de ontem (14), a estrada vicinal de acesso as Aldeias Buriti, Lagoinha, Córrego do Meio e Água Azul, além de diversas fazendas,inclusive as propriedades que a etnia quer incorporar à reserva.

Eles estariam armados com facões, foices, além de armas de fogo. A vicinal fechada é estratégica para o escoamento da produção de frango de vários granjas, além de servir de rota do transporte escolar.

A ação dos índios terena – que desde 2001 espera pela demarcação dos 17.200 hectares reconhecidos como terra indígena pela Justiça e por portaria do Ministério da Justiça -- começou no início da semana quando fizeram refém o coordenador regional do Funai (Fundação nacional do ìndio), Edson Fagundes.

Na sexta-feira uma delegação de diretores da Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul) esteve em Sidrolândia para tentar convencê-los a deixar a Fazenda 3. Os índios não enviaram representantes à reunião na Câmara Municipal. O procurador da República, Emerson Siqueira (que veio de Campo Grande para participar da negociação) esteve na aldeia onde manteve encontro com as lideranças indígenas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também